Gírias de Caminhoneiro: conheça as 50 mais famosas!


girias caminhoneiro radio px

Conheça algumas gírias ou expressões mais falados pelos caminhoneiros brasileiros para se comunicarem durante as viagens, seja no rádio PX, por aplicativos de mensagens ou pessoalmente.

Os motoristas de caminhões são conhecidos por terem sua própria linguagem, repleta de gírias e expressões peculiares. Esta maneira peculiar de se comunicar é parte integrante da sua cultura e torna a experiência de estar na estrada ainda mais divertida e interessante.

O dia de trabalho de um motorista pode ser bastante desgastante e cansativa, mas durante um momento de descontração com os companheiros de trabalho podem surgir várias histórias e ficam ainda mais interessantes quando são usadas as palavras corretas do pessoal do trecho.

Portanto, nós iremos mostrar quais são as mais famosas e mais usadas. Confira a lista abaixo, dando sequência na matéria.


Gírias dos caminhoneiros e seus significados 

Cristal - é como são chamadas as namoradas, mulheres ou esposas dos caminhoneiros.

QTH - tem relação a algum lugar. Por exemplo: "estou no QTH do posto". Então quer dizer que ele está localizado no posto de combustível.

QRA - é a sigla inicial para o apelido de um motorista e é muito usado nos rádios PX. Exemplo: QRA Cabeça ou QRA loira. Esses são os apelidos deles.

Chofer: quer dizer motorista e tem origem no francês Chauffeur. Exemplo: eu sou um chofer de caminhão. Quer dizer que sou condutor desse tipo de veículo.

Tubarão: também é uma forma de chamar um outro motorista ou um condutor que tem um bom rádio PX. Quando um amigo encontra outro, eles se cumprimentam chamando de Tubarão. Por exemplo: "E aí Tubarão, tudo certo?".

Pozi - a gíria também escrita posi ou pozzi é usada para afirmar algo, como se fosse um diminutivo de "positivo".

Barriga de aço - um motorista de caminhão tanque, tanqueiro ou que puxa combustível.

Bicudo - veículo com a frente bicuda.

Cara-chata ou frontal - são os veículos que tem a frente reta e não são bicudos.

Geladeira deitada - é como são chamados os caminhões que tem câmara fria para transporte de mercadorias que precisam ser resfriadas.

Muriçoca - é o apelido dado aos caminhões mais fracos, mas também é usado para apelidar os que não tem a quinta roda para atrelar nas carretas.

Areia doce - transporte de carga de açúcar.

Chapa - é o ajudante contratado para descarregar a carga transportada.

Palito doce - significa o transporte de cana de açúcar.

Suco de pica pau - significa que o caminhão está transportando madeira inteira ou serrada, fazendo alusão ao passarinho que come a madeira.

QAP - muito usado no rádio PX para dizer que está na escuta, que está ouvindo.

TKS - é o mesmo que dizer obrigado, mas de forma americanizada, sendo uma abreviação para "thanks".

Veja também: porque são chamados os caminhões Romeu e Julieta.

QRU - estou a disposição.

QAP - usado para perguntar se o outro está na escuta.

Solar na banguela - soltar o veículo no ponto morto ou com o pé na embreagem de forma que ele desça uma ladeira livre.

Fazer média - quando o motorista anda com cautela, com o motor na rotação padrão para economizar o diesel.

Pé de breque - são chamados os motoristas de carros de passeio que andam muito devagar nas estradas e acabam atrapalhando nas viagens.

Podar - o mesmo que ultrapassar ou realizar a ultrapassagem.

Tapetão - é como é chamada a estrada por onde ele está passando. Por exemplo: tapetão preto é o asfalto ou tapetão caipira que é estrada de chão.

Cristalóide - apelido para o filho do caminhoneiro. Lembrando que a mulher é chamada de cristal.

Coruja - forma que são chamados os motoristas que preferem dirigir a noite.

Cupim de aço - é aquele motorista que não cuida do caminhão e que acaba danificando ele e os seus componentes. Por isso "cupim de aço", dizendo que ele vai destruir o metal do veículo.

Botina preta ou bota - assim que são apelidados os policiais rodoviários ou PRF.

Chá de urubu - faz referência ao café. Por exemplo: "fala Tubarão, vou parar no QTH para tomar um chá de urubu".

Grão de ouro - transporte de soja, pois o grão tem a cor parecida com as pepitas de ouro.

Mamadeira de gigante - apelido dos caminhões tanque.

Balaio de gato - significado para algo que está bagunçado. "isso aqui tá um balaio de gato".

Bola d'água ou bomba d'água - transporte de carga de melancia, fazendo referência ao fruto que tem bastante líquido dentro.

Bater poeira - tomar um banho.

Caixa de abelha - é a televisão.

Carrapato - apelido para o caroneiro da viagem.

Cowboy do asfalto - aquele motorista que é bom de volante, que dirige bem e faz boas manobras.

Boleia - volante do veículo.

Chá de urubu torrado - transporte de carga de carvão.

Ouro líquido - transporte de combustível

Soltar a rédea - significa acelerar o veículo, fazendo alusão a soltar a corda do cavalo para ele andar rápido.

Ouro negro - tem 2 significados, uns dizem que é o transporte de petróleo, outros dizem que é o pneu.

Maria chorona - como são chamadas as cebolas que fazem chorar quando são cortadas.

Cristalina - são como são chamadas as filhas dos caminhoneiros.

Pegar no batente - hora de ir trabalhar.

Bruxa - vento muito forte ou ventania.

Tudibão - é o diminutivo de tudo de bom.

Toco - é o caminhão que só tem 2 eixos de rodas.

Truck - é o cavalinho ou cavalo mecânico com 3 eixos.

Cheiroso - chamado os caminhões que transportam porcos.

Essas são algumas das gírias mais famosas e faladas pelos motoristas de caminhões. Portanto, se você gosta desse tipo de profissão e quer se comunicar com eles de forma mais informal, recomendo que use.

Comentários

  1. Boa tarde gambasada trabalho na fábrica de areia doce tudebom

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens Populares

Volvo FH 500 é transformado em Motorhome e o interior tem de tudo!

MB 1618 ano 1995 é encontrado 0km após 20 anos!

Vídeo: 2 carretas batem forte de frente em rodovia do Paraná

Trator CAT D8 contra 20 caminhonetes Toyota!

Conheça o Super Rodotrem de 11 eixos e capacidade de 91 toneladas